quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

[De um Natal sem Pisca Pisca...]


"Me detenho a pensar e contemplar a dinâmica de um pisca pisca. Na realidade não me detive, apenas acordei e pensei nisso e como não foi em vão, não podia deixar passar! Coisa tonta ao parecer, já que contemplar um pisca pisca parece algo tão vago. No entanto, trata-se de uma mensagem singela da mais bela festa que o mundo celebra.

O pisca pisca que brilha e brilha, ilumina as noites lembrando que o Natal aí está, que todos se preparam para uma harmonia incontestável e proclama o Divino Menino que vem ser a luz que brilha nas trevas.

Porém é possível ir mais além e comparar o pisca pisca com uma grande família, onde todos unidos se preparam para o Natal, amando, perdoando e deixando o sentido da harmonia penetrar o mistério de ser família. Mas será que já reparamos a dinâmica do Natal contida neste humilde e simples adorno tão marcante nas fachadas das casas neste tempo? É surpreendente, porque é perceptível como, se uma das luzes queima ou deixa de brilhar, todas as outras também se apagam e não mais piscam até que a outra seja consertada. E não é assim também no Natal?


Uma família que vive o natal em seu pleno sentido, na harmonia, na alegria, na partilha, na união, quando uma luz deixa de piscar sente que não pode mais brilhar por completo e só celebra novamente a bela festa volta a brilhar. Eis o verdadeiro sentido do Natal: um amor que só é real quando está em sintonia com os demais, onde o amor faz com que a luz brilhe e se perpetue como fonte inspiradora de paz e vida plena. Sem o pisca pisca e sem a luz da família, vivemos apenas uma ausência de luzes que brilham e não nos deixam viver o real significado de 
NATAL que é natividade do Amor."



Junior Takanage
26.XII.2012

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

FELIZ NATAL


Desejo a todos um Santo e abençoado Natal, cheio de poesia, luz, canto e energia! Que o menino Deus abençoe especialmente a cada um trazendo paz, alegria e felicidade! Êxito e prosperidade!
Um grande beijo e abraços...
JR PENSANDO COISAS...

Estarei voltando a postar nesta semana, com novidades no blog...
A todos um grande abraço!

sábado, 24 de novembro de 2012

[Ego SUM...]



"Chegas trazendo a luz que se apagou no coração, devolvendo as cores e o sentido de tudo aquilo que parecia ilusão! Ao acordar me deparo com teu sorriso e o pulsar do teu coração; permaneces junto a mim em cada momento e cada movimento do meu viver! Se me deito, comigo te deitas, se me levanto, comigo te levantas, se sonho, sonho contigo e não percebo outra forma de me encontrar contigo que na escuridão e no silêncio, onde devolves a alegria de tudo aquilo que de repente era medo e perguntas!

Viestes ao meu encontro e teu coração passou a pulsar em meu coração, balançando a percepção de pulsos cardíacos que pareciam inconstantes e me assustavam! O medo que tomou conta de mim era a tua chegada que se fazia cada dia mais lar em mim e aos poucos pude ir percebendo que era meu outro eu, o eu real que pedia sair e ser feliz, livre, entoar cantos de festa e recitar poemas do mais profundo buscar o infinito do ser.
Acho, na verdade, que todo ser humano passa por este processo de vida, quando a alma se torna uma contigo e a consonância de viver e ser eu mesmo vem à tona, pedindo liberdade e gritando para espantar todos os fantasmas que criaram medos e inconstâncias.

Estás, és, sonhas, cantas, choras, vives e amas... Em mim não és outro que eu mesmo, não sonhas o que eu não sonho, pois és nada mais e nada menos que o meu eu, que eu mesmo, e se me incomodastes quando chegastes é porque até aquele momento eu estava tentando ser alheio a você, porque a verdade não é que chegastes a mim, mas eu que cheguei a você, naquela certeza de um ser humano que pronuncia suas palavras de fé e verdade: agora realmente estou em mim, porque fui ao meu encontro e aqui me realizo na constante busca de um viver intenso e cheio de sentimentos de fidelidade, harmonia e sobretudo de amor incondicional à vida que se faz presente aos meus olhos e no meu próprio ser. Contigo e comigo não somos distantes, porque somos sempre o UM que se une no ser."

Junior Takanage
24.XI.2012

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

[Gaudium et Silentium]



"Silêncio interior! Medo e alegria, satisfação de encontrar em mim mesmo a saudação do anjo à Maria e eco no Namastê, já que o “Deus que habita em mim saúda o Deus que habita em você”.

Cantos de festa, gritos de alegria e o som do silêncio permanece na convicção de que cada dia o sonho do poeta se torna sempre sonho novo, começando pela entrega de vida que dá plena felicidade a um eterno eu.
Diante da grandeza que não me pertence mas que me habita, não posso senão alegrar-me e decidir-me pela beleza do Divino que me convence a lançar-me em um mar agitado e cheio de incertezas que tornam o caminho do viver um perpetuar-se na presença de uma alegria que não se esgota mas que reflete sempre a bondade de um Deus que está presente sobre todas as coisas!

Viver hoje significa alegrar-se com uma alegria que não se acaba e não deixar-se incendiar por algo que logo passa e deseja novas experiências para alegrar-se... Alegria hoje significa ser e querer ser, significa sonhar e saber que nem sempre os sonhos se tornam realidade, mas que a beleza da vida é justamente tentar realizar sonhos que de repente não são mais meus, mas são sonhos do silêncio que me habita."




Junior Takanage
15.X.2012

domingo, 23 de setembro de 2012

[Dos Avessos e Recomeços]


"Velas, um copo de cerveja e uma música instrumental por Yanni ao fundo... cheiros, luzes, sentimentos e lembranças! Tudo remete às novas decisões que devem ser tomadas mas que por medo tantas vezes são evitadas!
A luz desta vela me recorda que toda luz que possuo vem de dentro de mim mesmo e que não posso esperar luzes externas, porque sempre que os impulsos forem externos a verdade será sempre relativa, enquanto que a verdade absoluta parte sempre de um interior convicto de si mesmo e de sua própria teologia!
O ser humano é um peregrino que sonha com a liberdade mas que sempre se torna escravo de uma liberdade condicionada pelo exterior! Ser parte do mundo não significa ser o mundo, mas sim, cooperador dele, com aquilo que sou, com a minha luz, com uma cor tênue ou brilhante, com um amor intenso ou simples, com sentimentos de dor ou alegria!
E por isso em mim, cada dia e em cada momento sentimentos antigos são evocados e sentimentos novos são suscitados, para dar sentido a um começo que é sempre novo e perpétuo no sentir, já que sentimentos são marcas do meu próprio interior e jamais poderão ser deixados de lado, porque sem sentir não tem graça viver e sem a melancolia do frio de Araraquara que é tão raro e tão pouco gélido, não existe fonte de inspiração exterior que me leva a uma reflexão interior e uma afirmação significativa, absoluta e construtiva do meu próprio Eu.
Velas, meio copo de cerveja e uma música instrumental por Yanni ao fundo... sentimentos que vão e vêm, e que não são mais que eu mesmo que sou ora sentimento, ora pensamento, ora sonhador e para sempre peregrino do meu próprio caminho comigo mesmo!"









Junior Takanage
23.IX.2012

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

[Da inquietação de um poeta...]


"Eu ando sonhando com uma vida meio apocalíptica, daquela que João afirma: "e já não haverá choro, nem dor, e o mar já não existirá." Mas ao tempo que nisto penso não posso deixar de perceber o quão sem sentido seria a vida sem desafios, dores, sentimentos e sacrifícios, o quão sem graça seria a vida sem o mar e o som de suas ondas naqueles momentos de mais profunda inspiração.
O cansaço de uma vida monótona deve ser mudado e quebrado pelo desafio e pela tristeza, enquanto que a acomodação raramente fará da vida uma novidade, porque já nem as novas tecnologias nos surpreenderão, quanto mais os novos sentimentos... Ah! [...] estes  serão confundidos apenas com dores no coração, falta de ar e medo de novos começos.
Deixar-se surpreender por novas histórias, por novas metas, por novas dores, por novos olhares é e sempre será o único caminho do ser humano permanecer em uma busca constante da felicidade, porque o dinheiro e a comodidade duram alguns dias, a tecnologia avança cada segundo e o sentir permanece para sempre dádiva e marca do eterno sonho de um poeta inquieto."




Junior Takanage
05.IX.2012

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

RePensando [Ad aeternum]


"O porta-retratos vazio, colocado sobre a mesa como algo que exibe uma ostentosa imagem, aguarda receber a fotografia de um momento eterno, que ainda não mereceu ser gravado para sempre.

Sustentado pela fé, armado com as luzes que o coração emite, sonho poder conservar cada momento em meu interior, e por isso, ainda é muito cedo para que algo seja exposto, porque nada mais justo é que eternizar aquilo que simplesmente amei, amo ou amarei, e se isso é o justo, então o porta-retratos terá que esperar ainda muito tempo, porque o único digno de ser eternizado nada mais é que a própria vida."


Junior Takanage
16.VIII.2012

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

[De dúvidas e incertezas...]



"Perdido ao som de Mozart e suas notas que relaxam meu pensamento, me pergunto pela personalidade desenhada por dúvidas e incertezas constantes, marcada por uma certeza que dura apenas e no máximo uma fração de semi colcheia!?

Lançado nesta vida com um único objetivo, vejo que tantas coisas surgem diante de mim e que vontade tenho de abraçá-las todas e correr com elas para bem longe: mas espera um pouco... possuir tudo de uma vez é egoísmo!...

Mas chega, estou o suficiente cansado para deixar-me conduzir ainda mais... o que importa agora é descansar olhando o horizonte, e que distinto a que muitos me pregam, a possibilidade bate mais de uma vez sim à minha porta, e se hoje ela bate e eu erro, no futuro ela baterá de novo e se não bater, pelo menos eu tenho consciência de que eu decidi por mim mesmo e que ninguém decidiu nada por mim, porque eu sou eu, e ainda que perca muitas oportunidades, terei a oportunidade de dizer [...]

'Deixei coisas de lado porque estava sendo feliz com o que possuía, e se hoje vivo a incerteza do amanhã, nos momentos de maior felicidade o que eu vivia era a insegurança que as notas ainda permaneceriam ou não no pentagrama! Me deixa, eu quero ser eu mesmo, sozinho e feliz, construindo com minhas frases, meus versos, minhas melodias, meus cantos e a sonoridade do meu riso que ecoa para sempre na minha memória e marca para sempre o caminho da eternidade em mim.' "

Junior Takanage
15.VIII.2012

terça-feira, 7 de agosto de 2012

Texto Amigo [by Cleitom Soares]

Fala galera, tudo bem?
O texto de hoje é de um novo grande amigo, seminarista diocesano, Cleitom Soares!
Espero que todos gostem muito e continuem divulgando! Muito obrigado Cleitom, pela amizade e pela permissão para postar o texto aqui no blog...
Um grande abraço a todos...
Se cuidem!

"Não quero ser de novo o egoísta, 
Que não entende o teu silêncio,
Que não compreende os teus sofrimentos,
Que não vive as tuas lágrimas.

Quero apenas ser aquele,
Que mesmo rejeitado pela tua tristeza,
Compreende os teus sentimentos mais ocultos,
Por simplesmente te amar demais."



Junior Takanage
07.VIII.2012

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

[Gaudium et Caritas]

Como todos os textos deste blog expressam vivência, aqui vai um bem claro e bem explícito: a vivência da Alegria do Cristo.



Gaudium et Caritas

“Então eu direi, abra-se o mar. E eu passarei pulando e dançando em tua presença.”

A Alegria de seguir o Cristo causa muitas vezes entusiasmo naqueles que conosco convivem e querem saltar e proclamar a vitória de um Deus que nos lança a um viver eterno de entrega, serviço e felicidade!

No entanto, é visível a quantidade de pessoas que ainda possuem uma visão errônea do cristianismo e acreditam que ser cristão é uma repressão constante dos sentimentos, da vida comum e do que se chama socialmente “normalidade cotidiana”.

Não perceberam que a alegria dos cristãos, ainda que na tristeza, é uma alegria que não passa e que antecipa a alegria eterna do céu, que não é apenas céu, mas sim uma imagem resignada a nossa intelecção humana que é tão frágil e não pode alcançar a sabedoria do Arquiteto da criação e da nossa própria vida!

A Alegria de seguir o criador e entregar-se por Ele não é uma alegria sensível, marcada pelo ter ou não ter, mas sim uma Alegria perpétua, de um coração condizente não só, mas também com a moral e especialmente com a vida de alguém que é maior que Eu, e infinitamente maior... e mesmo sendo maior, não me ama menos que isso, senão, que ao contrário de mim mesmo, se faz apenas Amor para se achegar a mim!

Na festa da Transfiguração de Nosso Senhor Jesus Cristo,

Junior Takanage
06.VIII.2012

terça-feira, 31 de julho de 2012

[Vox Temporis]

Há tanto tempo sem postar... escrevo e posto este texto hoje em homenagem ao meu paizão que amanhã (dentro de algumas horas) faz aniversário... Ele me ensinou e me ensina a importância e o valor do tempo, do saber esperar e do acreditar! A Ele e a todos vocês que seguem o blog dedico este texto, que como todos os outros é fruto de uma vivência reflexiva!
Um grande abraço...

[Vox Temporis]


"Chegas sem pedir licença e existes em minha vida antes mesmo que eu... Na realidade, se não fosse você talvez não seria eu, e na medida de minha vida algo não seria possível...!!! Eu tento vencê-lo, mas é quase impossível, e enquanto isso, outros dizem que já o venceram!

No entanto não posso sobrepassar-lhe e querer que tudo se transforme à minha maneira! Pois no embalo da vida e na dança da festividade, fui aprendendo que você é quem guia o meu caminho, quem sara minhas feridas, quem me devolve a felicidade, enfim...

Mas nada é tão simples, e cada vez que tenho a confiança de que tudo acontecerá da tua forma, quero que tudo vença você e que o amanhã seja ontem, para que meus caprichos, desejos e anelos se realizem de uma forma que não é de outros, mas sim, vontade de um ser existente e ansioso!

A vida segue seu rumo, decisões são tomadas e meu caminho vai se desenhando paulatinamente... eu só não sei como fazê-lo ser cada dia mais aliado a mim, porque à medida que vou aprendendo caminhar com você e que vamos nos entendendo, logo eu vejo que novamente eu quero passar por cima de tudo e acabar com nossa amizade... você?

Você é o TEMPO, aliado do meu caminho que tento a todo instante vencer e ao mesmo você, ou seja, ao mesmo tempo, ser amigo e caminhante por este tempo que é infinito, porque diante de você e do teu criador não existe nada que passe, porque tudo se constrói no tempo da eternidade, na sacralidade litúrgica de um existir que é sempre estação do ano: seja verão ou inverno, primavera ou outono, o sagrado em mim, as minhas decisões e a força da minha existência são apenas e nada mais, frutos de uma amizade que vacila mas que se ergue como o melhor de todos os amigos: o tempo."





Junior Takanage
31.VII.2012



quinta-feira, 19 de julho de 2012

Foco e Dimensão



"Repousando e deixando-me invadir pelas certezas que fui construindo ao longo da história, percebo que, como Heráclito, ninguém se banha duas vezes no mesmo rio, e que constantemente as mudanças (prefiro a palavra em espanhol: câmbios) transformam aquilo que eram certezas em busca de um novo começo e de uma nova verdade que vai perdurar por mais um tempo.

Porque no fundo, o único constante em minha vida até hoje só foram as mudanças e a única coisa eterna fui eu, meu ser, minha essência... Ah essa sim... ela perdura: a essência não muda, mas até mesmo essa é encarada, em cada momento desde uma perspectiva diferente.

Por isso a fé não pode ser estabelecida e nunca alterada, por isso as pessoas nunca podem prometer a permanência de objetivos e certezas, por isso que eu aprendi e tento levar ao máximo em minha vida que a única certeza que tenho sou Eu e que o único eterno é o amor...!!! Porque o amor é o fim último, a ontologia, a essência de cada missão, a essência, ainda que oculta da humanidade.

Amor é eterno, essência dimensional, certezas, decisões e dúvidas constantemente alteradas."

Junior Takanage
19.VII.2012

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Ultrapassamos 10.000 Visitas

 
Galera que segue o blog, muito obrigado a todos os que visitam o blog!
Com apenas 06 meses de existência divulgada o blog recebeu mais de 10.000 visitas, o que implica mais de 1000 visitas ao mês! Uma grande alegria...

É muito importante, a nós, escritores, que reconheçam aquilo que escrevemos, que sigam, que acompanhem, que divulguem! Muito obrigado a todos!
E não percam na próxima semana o Concurso de Textos e as votações que vêm por aí!

Participem também da nossa divulgação de agradecimento pelas 10.000 visitas no facebook do blog e concorram a prêmios!

A todos um grande abraço!

Junior Takanage
16.VII.2012

quinta-feira, 12 de julho de 2012

De uma poesia que é energia...


 "Canções, fotos e fatos... perdido entre meus pensamentos, me deparo com minha triste realidade e ao mesmo tempo com minha feliz felicidade.

Se a dicotomia de meus sentimentos, crenças e filosofia me assusta, por outro lado o sonho do poesta me dá esperança.

Não ando caminhando, mas caminho correndo, percorrendo com fidelidade o sonho do Sagrado em mim, porque isso é poesia, isso é sagrado, perceber pegadas de uma felicidade que ainda que por um tempo seja sonho, em breve será realidade[...] porque para mim a poesia é Energia e como Energia é sacralidade, porque o sagrado para alguns é Deus, para outros simplesmente silêncio, para outros natureza, mas no fundo o que importa é que o sagrado, o religioso não é alheio à realidade humana, mas sim, própria realidade que faz de todo sonho e toda poesia uma busca constante de auto-realização que conduzem a uma satisfação de se nada alcançar, pelo menos ter lutado pra isso."

Junior Takanage
12.VII.2012

sábado, 30 de junho de 2012

[De uma saudade ainda mais nostálgica]





"Sabe o quê? Estou me lembrando daquele sorriso que por tantas noites me deixou sem dormir e fez de mim um interrogador da vida. Os sentimentos que ele gerava em mim eram essa necessidade insondável da tua presença. Por tanto tempo me calei, e por fim, sinto que já não posso continuar em silêncio. Preciso gritar ao mundo que nada posso sem você, que sem ti minha vida perde o sentido, que meu caminho só é possível com teu sorriso ao meu lado.

Cada conversa, cada silêncio, cada desentendimento,  cada confrontação... Em cada momento você estava ali e eu dei somente valor para o sorriso. Hoje tudo seria diferente, o meu amor seria ainda mais incondicional, mas te sinto tão longe, tão distante, a presença não é constante, e nada mais posso fazer a não ser sentir tua ausência que me faz sentir amando-o em sua totalidade, na presença de um silêncio que promete ser eterno. Espero estar equivocado."

Junior Takanage
30.VI.2012

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Marcas do Eterno

"Sou consagrado ao meu Senhor, solo sagrado eu sei que sou. Vida que o céu sacramentou, marcas do Eterno estão em mim." Fábio de Melo



"Com os olhos para o alto, com a escuridão que insiste em persistir no interior, tua luz resplandece, trazendo estas marcas que se perpetuam na certeza da tua presença que se manifesta especialmente na grandeza de um silêncio interminável e que clama por conversão!

O Eterno não é outra coisa que as marcas deixadas por mim no coração dos outros, na alegria que é possível entregar sendo apenas eu mesmo contigo! Nada importa quando aquilo que me faz tão feliz é o único que vejo! Se meu caminho é contigo, só vejo a ti, se minha vida escurece, você sempre tem novas formas de chegar e derramar a luz, afinal, quando a Lua se ofusca por entre as nuvens, logo pela manhã a luz do Sol, junto ao seu calor se faz pelo menos tentativa de renascer e trazer a alegria de um dia feliz e belo!

Por isso, ainda que ofuscado, teu Sol faz ressuscitar em meu coração as marcas do Eterno amor que sempre clamam e buscam nada mais e nada menos que viver em Ti."



Junior Takanage
22.VI.2012


quinta-feira, 21 de junho de 2012

Soul [De uma dúvida que se faz resposta]


"É como se de repente já nada mais existisse! É como se o único sentido se perdesse no meio do nada e ficassem apenas sinais de interrogação que semeiam as tristes perguntas pelo ser! Um sentido que nunca mudou e que apenas ganhou novas formas, um espírito que não se sufoca, mas que ganha novas expressões! Onde estão estas expressões? Como tornar aquilo que realmente me faz ser eu em vida?

Não pretendo responder agora, apenas quero deixar-me inculcar pela diversidade e pela gama de opções que se me abrem frente a tão nobre, ao tempo que tão inquietante e difícil, pergunta! O que eu sou? Para que sou? Como ser isso para o qual sou?

Se sou vem de SOUL, permitindo-me construir comparações filológicas, então sou Alma e ser alma não pode ser outra coisa que a única forma de manter vivo um corpo... se Alma sou, logo sou vida, se vida sou, logo sou Eu, se logo sou Eu, espero dentro de pouco saber quem eu sou!"

Junior Takanage
21.VI.2012

terça-feira, 5 de junho de 2012

Maranata

Dias de chuva, de dia nublado e de finzinho do dia em casa são propícios para escrever, pensar, cantar, silenciar, rezar...!!! E aqui vai um fruto desta tarde! Espero que gostem! Maranata: significa VEM SENHOR JESUS.



"Quem disse que escuridão e a melancolia são processos depressivos da alma que nos levam a uma tristeza e uma retração do amor, da entrega, da alegria?

Estar só, com a escuridão, com o silêncio... ser melancólico ou pelo menos criar e dar-se momentos para estar, é nada mais e nada menos que uma busca profunda e o anelo, o desejo, de um encontro pessoal consigo mesmo... No silêncio, tudo o que penso fala de mim! 
Contraditório talvez, mas sempre uma única resposta: nunca me senti tão bem como depois de no silêncio perceber-me e perceber aqueles que estão ao meu redor! 
Se no vazio do mundo corriqueiro não sei mais quem eu sou, o silêncio me devolve o mais sagrado que existe em mim... por isso eu fujo e vou para um lugar onde ninguém nunca me acha – é meu lugar predileto, um universo paralelo, que não precisa de técnicas de sair ou entrar no corpo, mas basta apenas fechar os olhos e entrar na alma. 
E novamente uma contradição: porque se é alma não é paralelo, mas se é paralelo é porque ali não estou no mundo, estou em mim, na minha capacidade de amar, perdoar, sarar, crescer, viver, nascer! Se na melancolia sou triste, tanto mais o sou na dor... Porque melancolia para mim é justamente perceber aquilo que sou e aquilo que devo ser, colocar-me nos braços de Deus e eternizar meu canto em um simples e verdadeiro mantra: Maranata."


Junior Takanage
05.VI.2012

segunda-feira, 4 de junho de 2012

FUGA



Tá bom, eu sei que estou há tempo sem postar! Prometo ser um pouco mais disciplinado... mas a verdade é que no corre corre do dia-a-dia, quase não me dou conta daquilo que mais gosto de fazer e que tão bem me faz: isso expressa o texto abaixo! Espero que gostem... FUGA!

"A chuva cai lá fora, bate na janela. Sobre a mesa muitas coisas, mas apenas enxergo meu papel e uma vela. Esta vela me dá a luz necessária para pensar e fazer destas pequenas e poucas linhas, palavras de um interior cheio de perguntas, respostas, trabalhos, pouco tempo, ausências e presença! 

Nada sei e nada sinto... minhas palavras agora não são sentimentos existentes, mas são formadoras, geradoras de um sentimento que com certeza virá ao término destas linhas! Não sei o que sinto nem o que vivo, sei apenas que estou, que sou, que sendo tento ser mais e que tentando, eu simplesmente garanto que continuo vivendo e vivendo eu continuo escutando a chuva, e escutando eu posso formar minhas próprias notas, e assim eu posso cantar... 
Mas cantar o que, já que nada sinto, nem penso, nem olho? Uai... se posso escrever, posso cantar, se posso cantar, posso escrever e se ambos faço, a verdade é uma e não existe outra afirmação para isso: estou sentindo e fugindo ao mesmo tempo!"

Junior Takanage
04/06/2012

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Frase do Dia... Sementes de Deus.


"O verdadeiro amor não me deixa calar.
Por isso repreendo, por isso falo, chamo a atenção... porque amo!
Se algum dia eu me calar, saiba que nunca amei, ou deixei de amar!"

Junior Takanage
24.V.2012

quinta-feira, 3 de maio de 2012

PATRONUS



Faz já algum tempo que não posto!

Esse texto me foi inspirado por 3 lados: um pelo Lucas que ontem chegou e me perguntou sobre o relativismo, o outro pelo sempre Harry, e o outro pela minha experiência de Deus que se fez tão presente no último fim de semana, no encontro Regional do JUMAS Sudeste... espero que gostem! Não se trata aqui de um Tratado Teológico, é sim, uma experiência!
Estou estudando algumas formas de melhorar um pouco mais o blog! Vamos vendo o que acontece...
A todos um grande abraço!

Patronus

Não pode ser algo tão simples assim, mas a verdade é que não deve ser tão complicado!
Para alguns, o único sentido da vida é buscar o sentido, para outros, é encontrar o tal caminho da salvação, para outros ainda é mais simples: vivo, afinal sei que vou reencarnar!

Mas o que eu penso? O que eu vivo? O que eu sou?

Eu vivo não para mim, mas para uma força que me leva pra dentro de mim... eu vivo para um canto, que canta em mim...!!! Dentro do meu interior não estou Eu, está Ele... e dentro dEle não existe ninguém, ao mesmo tempo que existe todo mundo!

A vida não tem sentido sem a imagem do caminho... o caminho não tem sentido sozinho. A vida é presente, é alegria, é entrega, é busca, mas não pode terminar sem o encontro...!!! Essa idéia predileta que supostamente Deus tem por cada um, essa coisa que alguns chamam ideal pessoal é ou deveria ser o motor da vida de cada um, já que o tal ideal pessoal, é a idéia de Deus em mim... !

Hoje se reclama muito da ausência de Deus... alguns proclamam o Deus que nos esqueceu, outros, por outro lado, tentam incendiar o mundo com Deus...!!! E no fim a pergunta é sempre a mesma: será Deus algo tão relativo que alguns possam vivê-lo e outros não?

Posso estar me metendo em assuntos profundos demais, tenho medo... Mas a verdade é que seja Ideal Pessoal, Idéia Predileta, Missão terrena, caminho para a próxima vida ou seja como quiserem chamar não é outra coisa que um caminhar com Deus... e se cada um visse o que Deus realmente é em cada um, todos poderíamos contribuir para que o mundo fosse Deus!

Deus é o mundo! O problema é que o mundo não conhece Deus porque não se conhece a si mesmo... Deus está dentro de cada um e por isso é o mundo, porque Deus se forma a partir da vida e da personalidade e do ser e do estar de cada um. Deus é essa idéia, esse ideal, essa nascente que está em mim, que está em você! Mas porque não o percebo? Talvez porque não quero... A fé é um ato da vontade e depois da inteligência, mas primeiro é preciso querer crer...

Se Deus está em nós e nos dá essa força para crescer, para ser, para viver, porque não o percebo?

Tenta fazer silêncio, pensa numa experiência que marca tua vida pra sempre, uma experiência de alegria, é como um “feitiço do patronus”...E agora lança o teu patronus, esse que protege... ele não apenas te protege, mas ele é a tua alma em forma viva, em palavras, em gestos concretos.

Por isso, eu não sei qual o sentido que você dá a tua vida, não sei qual o sentido da vida dos outros, mas eu sei qual é o meu... infelizmente não posso contar, é meu, é pessoal, mas é nada mais e nada menos que Deus em mim!







Junior Takanage
05.III.2012

quarta-feira, 18 de abril de 2012

Feliz por Dentro...

Dedico este texto especialmente a três pessoas... Mário Teodoro Junior e Renan Mauch que deram o título deste texto: Feliz por Dentro! E também ao José Rafael Bastos, que não vai ler este texto aqui no blog, mas vai recebê-lo em sua casa, e que sempre me pediu para escrever sobre a alegria! É talvez apenas um começo de um tema que me fascina e que ma faz escrever muito!
Obrigado também à inspiração da canção de Sebastián Gómez Campos, un gran hermano del Camino!
E a todos vocês que descobrem no caminho da vida, a importância de "estar sempre alegres" (Fp 4,4).

A todos um grande abraço e espero que gostem!

Feliz por Dentro...








“Con mi voz siempre en alto,
Preparo el camino a Aquél
que vence tinieblas, regala a los hombres la paz
y el fuego de Dios.”
Sebastián Gómez

Me perguntam pela felicidade, por esta alegria que tanto menciono! Alguns são capazes de dizer: porque tanto a palavra alegria?

A resposta não é difícil, também não é nada que possa ser considerado óbvio! O Caminho se faz caminhando e a alegria chega por caminhar com pessoas que compõem a minha história... Pessoas, Deus! Cada ser humano, cada momento, cada vivência são um pouquinho de Deus que me são transmitidos ao coração! E não apenas para mim, mas é este reflexo, este espelho que faz com que minha alegria seja partilhada com todos! O caminho de chegar mais próximo ao Divino, é um caminho que não pode ter tristezas, mesmo na dificuldade, na aflição... a alegria é o espelho do coração daqueles que acreditam nos planos do Grande e que dão, sem hesitar, o SIM!
Preparar os caminhos, como o Batista, é justamente a tarefa de levar alegria, felicidade, dignidade, saber ao coração de todo homem que caminha conosco, porque assim, fazemos Deus presente e somente assim, somos capazes de reconhecer: Quão pleno e feliz por dentro estamos!
Se no meio do caminho existe cansaço, basta esperar, a sinuosidade logo se aplana e nesta vida, caminhamos sem saber para onde ir, porque o único que tudo sabe é quem realmente no guia, sejamos católicos ou protestantes, ateus ou agnósticos, Deus é sempre Deus, e no respeito, no amor Ele se manifesta, se faz real e nos dá a alegria de sempre saber-nos conduzidos por algo que não sou eu, mas que ao mesmo sou eu com DEUS.


Junior Takanage
18.IV.2012

sábado, 14 de abril de 2012

Frase do Dia... Sementes de Deus...


Resurrexit, sicut dixit.

Olá galera... tanto tempo sem postar! Peço desculpas pela ausência, mas a verdade é que estive com alguns processos de vida entre emprego e coisas que precisava e queria fazer! Mas estamos de volta, com mais tempo para dedicar ao blog e vamos com alegria! Está aí um texto que surgiu no retiro de semana santa! Espero que gostem e que sintam um pouco deste fogo novo do Cristo que ressuscita! Ainda é Pascoa... celebramos os próximos 50 dias!
A todos um grande abraço!



Resurrexit, sicut dixit!

Cantar o canto da ressurreição... olhar os olhos que enchem de alegria ao coração!
É impressionante notar como a música devolve à alma sentimentos perdidos e deixados no escuro! Como a pausa da partitura é silêncio de algo, ou alguém maior, no interior, é caminho daquEle que se faz eu e daquele que não sou eu... é o lugar onde sou, onde Ele é, e onde todos nascemos de novo!

Promessa de ressurreição não é apenas liturgia, não é apenas um fogo que se ascende e logo se apaga, e a devolução do brilho do fogo, da chama que aquece a alma, do canto que se faz novamente eternidade, do olhar que devolve o canto e a coragem!
Ressurreição é assumir novamente o Eu, que não é meu... é assumir novamente, com coragem e valentia o EU do Ressuscitado, o Eu do Cristo que vem ao meu encontro e me faz novamente AMOR.


Junior Takanage
14.IV.2012

terça-feira, 27 de março de 2012

"Gaudium Populorum"

No dia 27 de Março, dia que celebramos, em homenagem ao palhaço brasileiro Piolin, o dia do CIRCO, uma pequena e simples homenagem àqueles que são a alma do circo...



Gaudium Populorum

“Me recordo que a primeira impressão, o primeiro sentimento foi de medo! Mas tinha um que eu gostava, só de um, dele eu não tinha medo, eu gostava de estar lá... Era o Tiririca! Me lembro até hoje quando minha madrinha foi me buscar em casa para ir a uma festa, a do Adriel, e era o Tiririca que estava lá alegrando a criançada!

O tempo foi passando e ele foi se tornando para mim um ser completamente alheio... eu esqueci completamente que existia, que servia para alegrar, que era motivo de risos...!!! Nunca procuraria um se necessitasse rir!

De repente, a meados de 2006, novamente eu encontro um que me fascina... Só que agora era Fernando o nome dele, mas a verdade é que demorei muito em saber... antes, eu gostei da música, da poesia, da forma de expressar... e de repente a minha banda preferida era a sua!

Alguns anos mais tarde não podia acreditar que tal ser se tornava um dos meus símbolos, das minhas imagens preferidas... talvez uma missão, um caminho, nada mais e nada menos que esse ser alegria das pessoas, causar para cada um a alegria necessária para sentir-se mais pleno no mundo!

E assim, em breves linhas, descobri como eu gostava do Palhaço e como sua profissão era ingrata, mas ao mesmo tempo tão divina, porque ao tempo que ele tinha que ser a alegria das pessoas, não existiam pessoas que fossem sua alegria, mas sua alegria, que era a alegria dos demais não era outra que a Alegria de Deus.”



JR Takanage
27.III.2012

quarta-feira, 21 de março de 2012

Uma homenagem à Poesia...

Feliz Dia Mundial da Poesia...!!!


Poesia...



Surges no silêncio do meu coração
e vens para transformar em beleza o belo que é viver...
Cantas comigo o canto final,
Sonhas também o futuro normal!

És admiração e choque
és o canto que cantam os cantores
és o brinde que fazem os amores
és a luz que ilumina a escuridão
e as trevas que apagam o clarão!

És o despertar e o adormecer,
a glória e o canto do atardecer,
No sonho a vida se faz verdade,
E em ti o meu canto é eternidade.

És a Poesia,
rainha daqueles que te cantam!
O eterno “hino de uma cidade inexistente”,
és a beleza que jamais se explica,
apenas se vive e se percebe!
És para sempre a alegria daqueles que sonham contigo!
      Junior Takanage
              21.03.2012

domingo, 18 de março de 2012

Da importância dos Sentimentos...

Um amigo chegou e me perguntou: "Os filósofos sentem como as pessoas são?", e eu, em um tom de piada respondi: "Não, estes são os pais de santo..." Ele me responde: "Como você me vê? e eu digo: "Logo escreverei"...


Isso realmente aconteceu há mais ou menos uma semana! E escrevi... claramente este amigo não é apenas sentimentos, mas é tão evidente que nele os sentimentos são a vida e que vive muitas vezes pendente do mesmo... Meu amigo, é pra você! Espero que goste e não se esqueça: sentimento é alma... e a "A arte é o retrato da alma...", ergo, sentimento é arte!



Da importância dos Sentimentos...
Mesmo sem saber, apenas vivendo e tentando entender, observo cada passo e cada sentimento que eles provocam em mim... Minha vida é sentimento, é percepção do respirar, do piscar, do sonhar, do cantar! Em cada momento, em cada ocasião existe uma forma que se guarda para sempre em meu interior...

Ainda que eu perdesse a memória, jamais perderia os sentimentos, e mais ainda, eles me fariam recuperá-la, eles são aqueles que trazem cores, rostos, odores, notas, canto, silêncio!

Cada momento teve seu sentimento, cada sentimento teve seu momento... Eles marcam a vida para sempre! Não existem momentos iguais, menos ainda sentimentos iguais! Ainda que em certos “Déjà vus” nos perdemos em sentimentos encontrados, cada sentimento é ele mesmo, único, irrepetível... Músicas que lembram, dores que recordam, cores que fascinam, vida que se faz festa e alegria!

Porque no fundo, nada importa, mas simplesmente amar, e se no amar somos apenas razão, não existe amor, existe apenas consciência de presença... e consciência de presença é apenas uma parte do amor... mas o amor é muito mais além... Ele nos faz sentir o caminho que deve ser trilhado, com ele percebemos o certo e o errado! Não existe medo, nem mesmo tristeza que duram para sempre... existe sentimento diário que recorda sentimento passado, existe dor que se perpetua em lembranças de uma única dor!

Um sentimento só existe novamente quando nos encontramos com o mesmo fato que nos foi proporcionado alguma vez... mas como as impressões mudam a cada momento e a cada circunstância, o sentimento é sempre novo e sempre maior: seja de alegria ou dor, de amor ou ódio... cada vez que sentimos, sentimos mais forte, e se sentimos mais forte, deveríamos viver mais fortes, porque se a alegria é grande é porque somos merecedores dela, e se a dor é ainda maior, é porque somos fortes o suficiente para vencê-las... Ter sentimentos não é ser sentimental, ter e presenciar os sentimentos é estar conscientes de que com eles, somos cada dia mais fortes e portanto, mas homens, mais humanos.

Sentimentos nos dão força, já que o resultado de uma dor imensa é a paz interior póstuma a tal sentir... Se no caminho existe dor é porque somos forte o suficiente para entregá-la por outros e se o caminho se faz com sentir.... o Sentir se faz para sempre o caminho do existir!

Junior Takanage
18.III.2012

sábado, 17 de março de 2012

Resultado do Sorteio...

Boa tarde galera!


Agradeço à todos os que participaram da promoção das 3000 visitas e concorreram aos produtos da PENSANDO COISAS PRESENTES PERSONALIZADOS!
Com muita alegria, anuncio que o vencedor, ou melhor a vencedora dos nossos produtos é Camila Baiona, dona do blog "Por Deus e pela Arte..."! Camila, muito obrigado, por participar conosco e dentro de alguns dias entro em contato para a entrega do prêmio!
Obrigado a todos aqueles que participaram! 


E para quem quiser adquirir este mesmo produto que sorteamos, com esta ou outras artes (a arte é livre) é só entrar em contato... O mesmo Kit tem o valor de R$ 32,00. E não deixe de conferir a página do Pensando Coisas Presentes Personalizados no Facebook!



A todos um grande abraço e mais uma vez, muito obrigado!
Camila Baiona
Estudante de Letras e Vencedora do Pensando Coisas
www.cabaiona.blogspot.com.br

domingo, 11 de março de 2012

Chegamos a 3000 visitas...

Em primeiro lugar o meu muito obrigado pelas 3000 visitas nos últimos 2 meses. Foram aproximadamente 1300 visitas por mês...!!! De coração, a todos o meu agradecimento. Acredito que se entram é porque gostam do que escrevo e se escrevo é porque gosto e amo a vida... "Porque a arte é o retrato da alma."
A todos de coração, muito obrigado!
E como presente por estas 3000 visitas, o JR Pensando Coisas vai sortear um kit da Pensando Coisas Presentes Personalizados... Tal como nesta foto aí abaixo... e para concorrer é bem simples... Você que já curtiu a nossa página do Facebook, basta entrar nela e publicar no mural da página: "Eu visito e penso coisas no blog Pensando Coisas." E pra você que ainda não curtiu a nossa página, é só entrar, clicando na imagem abaixo, dar um curtir e publicar no mural da página: "Eu visito e penso coisas no blog Pensando Coisas." .
O sorteio será realizado no próximo sábado 17/03/2011 e você tem até sábado as 14h para postar... Uma só postagem basta! E eu recomendo fazê-lo agora para não perder a oportunidade. Um grande abraço a todos...


Curta aqui:
E concorra a:
Kit com Caneca, MousePad e Camiseta PENSANDO COISAS...

domingo, 4 de março de 2012

Eu mesmo...



"Eu mesmo" é um escrito meu, acabando de sair do forno, diretamente para o PENSANDO COISAS...!!! Não é simplesmente um jogo de palavras, mas sim como vejo meu amadurecimento como ser humano, as consequências e os processos! Fui capaz de ser quem eu realmente sou e só pude criar a capacidade de querer progredir como humano, quando descobri que antes de nada EU SOU e que por isso, tenho que realmente SER.


Espero que gostem, que desfrutem... que divulguem e deixem sua opinião!
Um grande abraço a todos!



"Não posso não repetir estas palavras que me deixam tão perto de mim mesmo. O canto me traz a alegria de sonhar, o sonho me dá a grandeza de estar pra sempre em mim, não por egoísmo, não por acreditar que sou o centro, mas por perceber que o mais nobre e o mais excelso brotam do coração quando olho pro meu eu, quando reconheço quem eu realmente sou!

Se ando sozinho, não percebo nada... se ando comigo, percebo tudo... pois eu me incomodo e me admiro de mim mesmo ao tempo que eu sou EU e de repente Sou Ninguém.
Sou o pó que cai no chão e que é varrido com tanto desprezo, sou a luz que é acesa no meio da noite, diante da escuridão. Sou o canto de alegria e as lágrimas do choro, sou a dor da agonia a presença da solidão!

Se me perco, logo me acho, se sonho, logo sou realidade... se durmo logo sou vida... vida que no despertar coroa a grandeza da criação e canta o eterno canto da gratidão porque novamente percebo que vivo, que canto, que sou, que nada sou e que ao mesmo tempo sou tudo!

Canto porque me vejo, me vejo porque me olho, me olho porque está em mim essa força que me faz ser realmente eu. Canto um canto, conto um conto, percebo, olho, me vejo e estranho, sinto saudades... saudades de mim mesmo, de estar com meu Eu, de no silêncio encontrar a melodia que me faz caminhar, de ser e não ser, de querer e caber em mim... De desejar e desenhar... desenhar e planejar., criar um futuro inexistente que não depende de ninguém, tão só e apenas de mim mesmo."


Junior Takanage
04.III.2012

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

"Aquarela..."




Nosso blog anda bem desatualizado... Mas sei que todos entendem que na correria do dia-a-dia, algumas coisas acabam ficando para trás! Estou tentando conseguir tempo para escrever e colocar pensamentos em palavras! Por enquanto, posto os clássicos e alguma reflexãozinha sempre surge com elas! A todos um grande abraço!

"Tão infantil e tão adulto... tão criança e tão profundo, assim como as crianças mesmo!
Essa música é um tanto melancólica, mas tão profunda que me faz pensar cada vez que a escuto: "Vamos todos numa linda passarela de uma aquarela..." e não importa "que um dia enfim" ela descolorirá... o único que importa em nossa vida, são as cores que damos a ela e que a marcam para sempre... Se a aquarela se descolorir, nosso coração sempre encontrará na memória dos sentimentos as cores que faltam para tornar a vida ainda mais pura e bela!
Não importa o que fazemos, se uma aquarela ou um pastel, ou um óleo... importa como o fazemos...importa que queiramos encher a vida de cores e fazer dela uma vida realmente vivida! A vida é mistério de cores, que se unem, se colorem, se complementam e se vão, deixando sempre a lembrança de cores eternas que saem do coração para dar sentido àquilo que perdeu a tonalidade original!"


Toquinho - Aquarela...



Junior Takanage
29.II.2012

sábado, 25 de fevereiro de 2012

Casinha Branca...


Que a simplicidade e a riqueza desta canção poesia possa encher o nosso coração de uma profunda busca de nós mesmos e da nossa harmonia com o mundo, com os demais... Simplesmente, na minha opinião, muito boa letra, muito boa canção...!!!
Espero que desfrutem, relembrem e sintam aquilo que esta canção retorna ao coração de cada um...


"Eu tenho andado tão sozinho ultimamente
Que nem vejo a minha frente
Nada que me dê prazer
Sinto cada vez mais longe a felicidade
Vendo em minha mocidade
Tanto sonho perecer
Eu queria ter na vida simplesmente
Um lugar de mato verde
Pra plantar e pra colher
Ter uma casinha branca de varanda
Um quintal e uma janela
Para ver o sol nascer
Às vezes saio a caminhar pela cidadeÀ procura de amizades
Vou seguindo a multidão
Mas eu me retraio olhando em cada rosto
Cada um tem seu mistério
Seu sofrer, sua ilusão
Eu queria ter na vida simplesmente
Um lugar de mato verde
Pra plantar e pra colher
Ter uma casinha branca de varanda
Um quintal e uma janela
Para ver o sol nascer
Eu queria ter na vida simplesmente
Um lugar de mato verde
Pra plantar e pra colher
Ter uma casinha branca de varanda
Um quintal e uma janela
Para ver o sol nascer ..."

Total de visualizações de página